Blog

A osteoporose apenas ataca idosos?

A osteoporose apenas ataca idosos?

A sociedade tem uma antiga e inadequada ideia de que a osteoporose é uma “doença de velho”. É certo que a idade avançada compromete o estado dos ossos, aumentando as chances de o paciente ter a doença. Mas, ao contrário do que se pensa, ela não é uma enfermidade exclusiva dos idosos. Muitos jovens adultos também podem ter problemas com calcificação.

Por que indivíduos jovens podem desenvolver osteoporose?

Não é a idade que determina o surgimento de osteoporose. São os níveis de cálcio no osso. A osteoporose é a diminuição da massa óssea, que leva ao surgimento de ossos ocos, supersensíveis e mais finos, aumentando as chances de fratura. E diversos fatores podem contribuir para que a pessoa chegue a uma situação como essa.

Consumo de álcool, cigarro e drogas ilícitas, o uso prolongado de alguns medicamentos e imobilização por um longo período (para a recuperação de um trauma ou sedentarismo) são apenas alguns dos exemplos de coisas que podem fazer com que o seu corpo – e particularmente seu sistema ósseo – perca cálcio. E o corpo não vai esperar você ter uma determinada idade para começar a perder essa substância.

A menopausa pode facilitar a osteoporose?

Como já falamos antes em nosso blog, os hormônios estão relacionados à osteoporose. Portanto, uma fase tão impactante na vida da mulher quanto a menopausa influencia bastante em sua saúde óssea. Isso acontece porque, nessa época, o corpo reduz a produção de hormônios importantes para a absorção e manutenção do cálcio no corpo. Portanto, dependendo da idade em que a mulher chegue a essa fase da vida, ela já pode sofrer com a deficiência de cálcio ainda antes da sua 6ª década de vida.

Mulher trata osteoporose

Como se prevenir dos sinais precoces da osteoporose?

Antes de tudo, é importante evitar maus hábitos. Largar o sedentarismo, ter uma alimentação saudável e rica em cálcio, largar o cigarro, álcool e o refrigerante (diversos estudos indicam que o refrigerante favorece a saída de cálcio do corpo) já são grandes passos iniciais. E, principalmente, não espere os primeiros sinais graves (como fraturas ou dores nos ossos e articulações) aparecerem para se cuidar.

Entretanto, se o pior já aconteceu, não hesite em buscar tratamento especializado aqui na OrtoCenter, clínica ortopédica no Rio de Janeiro. Possuímos uma equipe médica especializada em casos de ortopedia e traumatologia, fisioterapia, nutrição, entre outros, prontos para prestar o melhor serviço a fim de tornar o seu corpo saudável e apto a voltar ao seu cotidiano. Entre em contato conosco e marque já a sua consulta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>