Blog

Ortopedia Infantil

Ortopedia Infantil

Durante os primeiros anos de vida, há uma constante transformação no corpo dos seres humanos, afinal, é nesse momento que os ossos crescem e começam a sua consolidação. Há muitas doenças que a ortopedia infantil pode evitar quando os pais procuram tratamento o quanto antes. A ortopedia também pode ser corretiva, já que, como todos sabem, criança tem muita energia e as quedas e os tombos podem provocar fraturas. Mas na questão de doenças congênitas o tratamento pode resolver ou reduzir drasticamente os problemas na fase adulta do indivíduo.

Doenças como cifose, lordose e escoliose devem ser identificadas o quanto antes para não haver um crescimento desconforme da estrutura corporal que provocará incômodos na fase adulta. Para se ter uma ideia, a cifose pode atingir 8% das crianças de 8 a 12 anos e o tratamento depende da evolução do problema. E não são essas doenças, a ortopedia infantil trata doenças como:

  • Pé torto – uma doença congênita que faz com que as crianças, muitas vezes, tenham de passar por cirurgia para a correção do problema. A intervenção deve ser feita antes deste indivíduo começar a andar.
  • Displasia congênita de quadril – este problema causa deformidade e instabilidade na região do quadril, ocasionando problemas futuros se não tratado logo na fase recém-nascido.
  • Paralisia obstétrica – é o problema oriundo no ato do nascimento quando há lesão do plexo braquial no momento em que a criança vem ao mundo e pode causar paralisia do membro. Em diversos casos a intervenção cirúrgica é indicada, bem como fisioterapia.

Existem outras doenças a serem observadas, por isso, passar pelas mãos de um profissional ou de um corpo médico qualificado faz toda a diferença no tratamento das crianças.

Tratamento preventivo evita problemas futuros!

Quando os pais têm um olhar mais crítico e analítico e o costume de trabalhar a prevenção, a procura por uma clínica de ortopedia com atendimento infantil como a Orto Center é uma decisão que evita dores e problemas até mesmo de ordem social. Afinal, algumas deformidades, ao evoluir, podem causar problemas motores. Dores e desconforto também são evitadas, afinal, quando o corpo se desenvolve em desequilíbrio, partes como a coluna, por exemplo, podem sofrer com o passar do tempo. Para se ter uma ideia, os problemas ortopédicos são responsáveis por 15% das questões- envolvendo a saúde das crianças e adolescentes, ou seja, é fundamental estar sempre atento!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>