Blog

Dor nas costas ou lombalgia?

Dor nas costas ou lombalgia?

Quem costuma pegar peso ou ficar muitas horas em pé ou sentado tem grandes propensões a desenvolver dores nas costas. Mas como saber se é apenas uma dor nas costas proveniente dos hábitos diários ou se é algo mais grave? A lombalgia é uma condição da coluna que ocorre quando há dores na região lombar (próximo à bacia), conhecida como “dor nos quartos”. Chamamos de condição, pois ela não pode ser considerada propriamente uma doença e pode ter diversas causas, simples ou complexas.

Entretanto, não é bom ignorar as dores recorrentes nessa região, já que em alguns casos a lombalgia pode representar riscos à saúde, como perda de movimentos e dormência aguda nos membros inferiores.

Lombalgia aguda

A lombalgia aguda é o tipo mais frequente e é aquele “mau jeito” que damos de vez em quando. A dor é mais intensa e forte e costuma aparecer subitamente, sempre depois de um esforço ou de uma posição desfavorável.

Lombalgia crônica

Já a lombalgia crônica, ao contrário da anterior, ocorre com frequência nos indivíduos de mais idade. A dor não é tão intensa, mas se mantém permanentemente.

Causas e diagnóstico

Geralmente o problema é causado pela postura errada, principalmente ao se sentar, se deitar, ao se abaixar por qualquer motivo ou quando carregamos algum objeto pesado. Mas a lombalgia também se origina de inflamações, infecções, artrose da coluna, escorregamento da vértebra e até de uma possível hérnia de disco. Não são comuns, mas em alguns casos, os problemas de ordem psicológica também podem facilitar o processo da lombalgia.

É muito simples chegar ao diagnóstico na lombalgia, sendo, em 90% dos casos, detectado através do diálogo entre paciente e ortopedista e do exame físico. Contudo, para evitar dúvidas, pode ser feita uma radiografia simples ou até uma ressonância magnética.

Como tratar a lombalgia

Se a crise de lombalgia for aguda, é estritamente proibida a prática de atividades físicas até a total recuperação, recomendando-se repouso absoluto. O paciente deve permanecer deitado, preferencialmente em posição fetal (de lado e com as pernas escolhidas próximo ao tronco). O especialista irá receitar alguns analgésicos e anti-inflamatórios para amenizar as dores. Os demais procedimentos para sanar a condição irão depender do que causou a lombalgia.

A lombalgia pode ser prevenida

É possível prevenir a lombalgia e evitar que ela evolua de aguda para crônica, começando pela correção postural, observando a maneira de se sentar no trabalho, na escola/faculdade e até no transporte público e no carro.

Outro ponto importante para prevenção é prestar atenção aos exercícios físicos de impacto. Realizá-los corretamente é essencial para evitar a lombalgia e demais problemas na coluna. Outras medidas como evitar carregar peso constantemente, não ficar curvado por muito tempo, evitar colchões muito moles e a visita constante ao médico especialista são ótimas medidas preventivas. Na Orto Center, clínica de ortopedia em Jacarepaguá, temos um time de ortopedistas que vão te ajudar a combater e a tratar a lombalgia e diversas outras doenças de coluna. Marque sua consulta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>